UMA MORTE PODE SER ANUNCIADA? Eduardo Coutinho e Philip Seymour Hoffman

Dia 2 de fevereiro de 2014.

 “As pessoas não morrem, elas se encantam.”

 Agora às 16h vejo na internet que o documentarista Eduardo Coutinho acaba de ser assassinado pelo filho esquizofrênico. Senti um estranhamento muito grande pois nesta semana assisti ao programa Observatório de Imprensa na Tv Brasil, com a reprise da entrevista com Coutinho. Poderia nem ter ligado a TV, mas a revi. Fora que houve um período de minha vida onde “morei” em 2007 no Edifício Master, tema de um dos documentários de Coutinho, lançado em 2002.

 eduardo-coutinho1

Em seguida, vi em outro link no mesmo jornal que o ator Philip Seymour Hoffman (Truman Capote) de 46 anos foi encontrado morto hoje em seu apartamento no bairro de Greenwich Village. Meio horrorizado, fiz uma pesquisa breve e descobri que a sua morte foi anunciada no facebook há dois dias…  http://en.mediamass.net/people/philip-seymour-hoffman/deathhoax.html

 “At about 11 a.m. ET on Friday (January 31, 2014), our beloved actor Philip Seymour Hoffman passed away. Philip Seymour Hoffman was born on July 23, 1967 in Fairport. He will be missed but not forgotten. Please show your sympathy and condolences by commenting on and liking this page.”

 2010 Sundance Film Festival - "Jack Goes Boating" Portraits

Essa notícia me faz recordar do Presidente Juscelino Kubitschek, cuja morte em um acidente de carro foi divulgada antes mesmo de sua morte verdadeira, também em um acidente de carro, só que em outro Estado…

Anúncios